O Horror no Brasil por estar AMEAÇADO! Conheça a proposta do congresso para dificultar esse tipo de conteúdo no nosso país.

Se você acompanha os noticiários dos últimos dias, provavelmente você ouviu falar sobre a grande polêmica do projeto de lei que propõe uma mudança no artigo 74.

Este post vai ser um pouco extenso e até cansativo, então prepare o seu tempo de leitura pois vou explicar aqui o que este Projeto pode interferir e prejudicar a área do Terror/Horror no Brasil, tanto para eventos quanto para filmes, séries, livros e vastas áreas do entretenimento.

AVISO

Tocar no assunto de política tem sido complicado nos últimos tempos, mas se faz necessário em certos momentos. Antes de fazer este artigo, tive o trabalho de pesquisar e coletar o maior número possível de informações. Caso você tenha interesse e deseja debater esse assunto, utilize os comentários que estaremos te respondendo.

O projeto de lei é simples, mas antes de começar a explicar, vou colocar abaixo o trecho principal dessa proposta.

§ 1º. Os responsáveis pelas diversões, espetáculos públicos,
exibições ou apresentações ao vivo, abertas ao público, tais
como as circenses, teatrais e shows musicais, deverão afixar,
em lugar visível e de fácil acesso, à entrada do local de exibição,
informação destacada sobre a natureza do espetáculo e a faixa
etária especificada no certificado de classificação.

§ 2º. Não será permitido que a programação de TV, cinema,
DVD, jogos eletrônicos e de interpretação – RPG, exibições
ou apresentações ao vivo abertas ao público, tais como as
circenses, teatrais e shows musicais, profanem símbolos
sagrados.”

O projeto 615/2017 em seu primeiro paragrafo quer obrigar os estabelecimentos de diversões e espetáculos públicos a fixarem  informações especificando a faixa etária do evento em local visível (No Art 74 da Lei em vigor já diz isso, é como trocar 6 por meia duzia). Nós do Portal achamos essa ideia muito coerente e super válida, para que exista um controle e os responsáveis estejam cientes daquilo que os filhos estejam vendo/participando.

Agora, preste atenção neste parágrafo: “Não será permitido programação de TV, cinema,DVD, jogos eletrônicos e de interpretação – RPG, exibições ou apresentações ao vivo abertas ao público profanem símbolos sagrados“.

Você provavelmente deve estar se perguntando: “-Ok, o que tenho a ver com isso?”

Você que acessa o Portal do Horror deve gostar muito de Terror certo? Eu também gosto filmes, series, jogos e principalmente dos clássicos eventos de Horror.

Quem aqui não assistiu ao “Invocação do Mal 2” no cinema e levou aquele puta susto com a freira Valak? (recomendo muito este filme). Esse é um dos exemplos mais recentes que podemos citar. No filme podemos encontrar símbolos religiosos em alguns momentos, e somente por esse motivo poderia ser vetado a sua exibição no Brasil caso esta lei for aprovada.

“-Mas quem iria ter controle sobre esse tipo de conteúdo?”

Com está lei aprovada e sancionada, alguém seria nomeado e designado um “fiscal de conteúdo” e iria dizer o que pode e o que não pode ser exibido ao público. Porem a lei não é clara referente aos critérios que serão designados como “profanação de símbolos sagrados”. E é aí que encontramos o problema: a interpretação do fiscal.

Quer mais exemplos? O filme mais marcante da história e do gênero: “O Exorcista” e relacionados ao assunto como “O Exorcismo de Emily Rose” se encaixariam nesse quesito. Filmes que tenham relação com espiritualidade/religião como “Atividade Paranormal”, “Arraste-me para o inferno” e quaisquer outros – QUAISQUER OUTROS MESMO – passariam por esse “controle”. Até mesmos os filmes da Netflix poderiam passar por esse controle de conteúdo.

” -E os eventos de Horror?” 

Os eventos de Horror no Brasil, estão crescendo cada vez mais, cada evento e cada ano os visitantes descobrem novos temas, novos personagens e novas atrações de Horror. Com este projeto de lei – caso seja aprovado – pode dificultar um pouco sua produção. Quando o projeto cita “apresentações abertas ao publico” também se inclui aquele evento no parque que vocês tanto gostam. “NOSSA, VÃO ACABAR OS EVENTOS DE HORROR NO BRASIL?”. Calma, eu disse que pode dificultar e não acabar.

Em alguns eventos podemos encontrar alguns símbolos religiosos, e  caso essa lei seja aprovada, a produção destes eventos ficariam mais restritas, pois ideias e utilização de temas referentes a alguns filmes poderiam ficar de fora destes eventos.

Para concluir, vamos deixar os comentários para vocês: O que acham da ideia deste Lei?

Se você quer ler sobre mais sobre o assunto indicamos o post do Clube Brasileiro de Trens fantasmas que também aborda impactos que esta lei pode causar na industria da musica/shows .

You May Also Like

7 Minutos

Não conhece o programa 7 Minutos? Esta é uma grande chance de…

Facilidade na compra do seu passaporte!

No dia 05/Julho foi divulgado no blog Oficial do Hopi Hari que será mais…

Conheça a “Fear Factory Queenstown” uma atração de Horror na Nova Zelandia

Se você é aquele fan de carteirinha de atrações de Horror assim…

#Debate: Hora do Horror “Maleficarum” | Ignorância ou Realidade?

Você provavelmente já ouviu falar sobre bruxas/bruxaria e várias lendas que complementam…