Quem se lembra da nossa matéria sobre o “Halloween Camp”? Pois é, fomos convidados a prestigiar o evento e conferir de perto como funciona essa temporada de horror exclusiva no Ecologic Park. Confira como foi a nossa visita!

Sábado, 28 de Outubro de 2016

Depois de um dia bem agitado e corrido, por volta das 16:00 chegamos em Charqueada, interior de São Paulo, para conhecer o Ecologic Park. Já na entrada, tivemos uma pequena prévia da fachada da “Usina Nuclear”, uma das atrações principais do evento.
Chegando no restaurante do local, fomos recepcionados por Bruno Rivaben, o diretor do acampamento, que nos contou de forma breve o que poderíamos esperar da noite e um pouco do histórico do evento. A partir daí, fomos deixar as malas no lugar para poder descansar um pouco e conhecer o local até chegar as 19:00, horário definido para o início do Halloween Camp.
Os visitantes ficam alojados em chalés que são bem confortáveis e que contam com 2 andares e se você não quiser ser acordado pelo Jason é bom dormir na parte de cima, durante o dia o parque conta com diversas programações ao ar livre como atividades envolvendo piscina, tirolesa, tobogã, trilhas e  também diversos horários de refeição.
19:00 – Anoitece…
Halloween Camp: Anoitece
Halloween Camp: Luminaria

E como orientado, fomos ao local de encontro com o pessoal do acampamento. Antes do jantar, uma pequena prévia do que vai acontecer durante a noite fazem levantar a curiosidade de todos. Um pré-show é realizado com alguns cientistas em uma sala no andar inferior que dá acesso ao restaurante, e fazem com que todos passem por uma triagem para saber se você está infectado; caso o aparelho comece apitar, você ficará de quarentena.

 

 

Halloween Camp: Triagem Halloween Camp: Triagem 3

Quando terminamos de comer, uma agitação começa a acontecer… soldados do exército americano pedem para evacuar o local o mais rápido possível, e nos guiam até o salão principal. A partir daí, a noite de terror realmente começa…
Halloween Camp: documentário
Halloween Camp
Descobrimos que estamos em um mundo caótico, totalmente diferente do que nós conhecemos. Estamos em um mundo pós-apocalíptico, totalmente tomado por zumbis. Mas qual a origem deles? Experimentos científicos? Voodoo?

Após o término do documentário, fomos divididos em grupos pelos soldados que nos guiaram pelos locais que deveríamos seguir na nossa jornada. A primeira coisa que fizemos, foi passar pelo portal maldito, a entrada de um cemitério ao ar livre. Uma das coisas mais legais, foi ver que as lápides tinham os nomes de personagens clássicos de filmes de terror como Jason Voorhees, Samara Morgan, Frederick Charles Krueger entre diversos outros.

Halloween Camp: Cemiterio Halloween Camp: Cemiterio Halloween Camp: Cemiterio Halloween Camp: Cemiterio Halloween Camp: Cemiterio Halloween Camp: Cemiterio Halloween Camp: Cemiterio

Depois do cemitério, seguimos em frente. Apenas com uma lanterna na mão, entramos no meio da mata para encontrar as cavernas sombrias, e essa simplesmente foi uma das melhores partes de todo o evento. E então chegamos nas cavernas, que por incrível que pareça, ela tem uma extensão absurdamente enorme! Cheia de corredores estreitos e passagens, junto com o seu cenário trouxe uma imersão que não lembramos até hoje de ter entrado em um lugar tão mórbido. E para ajudar, mais zumbis escondidos em lugares do labirinto. Chegando ao final, damos de cara com mamãe do capeta, que nos faz uma pequena pergunta, e caso a gente queira sair teríamos que responder corretamente.

Halloween Camp: Trilha

Halloween Camp: Labirinto Halloween Camp: Labirinto Halloween Camp: Labirinto Halloween Camp: Labirinto

Correndo como se não tivesse fim, chegamos no laboratório e damos de cara com alguns cientistas já infectados e tentando resistir a transformação. Chegando na última sala, uma das cientistas, tomada pela loucura, impede que o grupo prossiga e nos propõe um novo desafio.

Halloween Camp: TRILHA

 

Após finalmente achar a cura, somos levados para a Usina Nuclear. O percurso requer o uso de um óculos especial devido aos efeitos de pinturas tridimensionais que são espetaculares! E para ajudar a aumentar a tensão, só é permitida a entrada de duplas, ou seja, um ambiente daquele tamanho + escuro + zumbis + tensão = calça suja.

Halloween Camp: Usina Halloween Camp: Usina Halloween Camp: Usina Halloween Camp: Usina Halloween Camp: Usina Halloween Camp: Usina Halloween Camp: Usina Halloween Camp: Usina Halloween Camp: Usina Halloween Camp: Usina Halloween Camp: Usina Halloween Camp: Usina

E então, para nossa decepção, somos levados novamente ao salão principal do Ecologic Park e conferir o encerramento da história deixando uma vontade incrível de “quero mais”. Logo após isso, temos uma festa típica de Halloween onde todos deixam a criatividade rolar e usam suas fantasias para curtir a noite. Entre um show de DJ’s que contou com shows pirotécnicos e instrumentos ao vivo, a festa deu continuidade até as 00:00.

Halloween Camp Halloween Camp Halloween Camp Halloween Camp

 

————————- † CONCLUSÕES FINAIS † ————————-
O Ecologic Park é o local perfeito para esse tipo de evento, traz todo o clima e ambientação necessária apenas por ser um ambiente totalmente natural. O Halloween Camp, já na sua quinta edição, trouxe como tematização em 2016 a “Invasão Zumbi” e a proposta nada mais é do que fazer você se sentir um mundo pós apocalíptico.
Coisas simples como o pré-show realizado antes do jantar e a necessária utilização de lanterna durante todo o percurso, traz uma imersão e um realismo totalmente diferente do que alguns eventos de nome conseguem fazer. Querem outro diferencial? NÃO TEM FILAS. Toda a organização realizada funciona muito bem, evitando congestionamento e tempo de espera nas atrações.
Em meio a puzzles e programação totalmente em inglês (aos finais de semana, e seg.-sex. em português) trouxeram outro diferencial  para que você se sinta dentro da história: a interação, que nos dias de hoje é difícil você conseguir achar algo assim. Geralmente você entra em alguma atração/túnel, passa pelas salas tomando alguns sustos, e pronto. O Ecologic, teve toda uma preocupação para que o hóspede entre na brincadeira, saiba o que está acontecendo a sua volta e, tome sustos obviamente.
Toda a produção para o evento, é realizado pela equipe do parque, que embora não sejam de níveis altos utilizando próteses e cia, tem todo o necessário para levar ao público um evento totalmente diferente de qualquer um que conhecemos.
A nossa ida ao Halloween Camp valeu a pena com toda a certeza, e não poderia ter sido melhor. Deixamos aqui nosso agradecimento a toda equipe do Ecologic Park que nos recebeu extremamente bem e ao Bruno por ter feito esse convite e nos ter apresentado a esse evento incrível.

CONHEÇA O ECOLOGIC PARK
Para mais informações, entre em contato pelo site oficial:
www.acampark.com.br
 
Até a próxima!
 
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like

O Portal está a 5 Meses no ar!

A Hora do Horror 2011 vem aí! Hoje dia 20/05 faz exatamente…

Um dia em Hopi Hari, Um dia de Aventura!

Bem como ei já tinha dito que no dia 1/12 que eu…